quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Japão Década de 1860

"Yogure wa
Kumo no hatate ni
Mono zo omou
Amatsu sora naru
Hito wo kou to te

Na hora do pôr do Sol
As nuvens estão enfileiradas como estandartes
E penso nas coisas:
É isso que significa amar
Alguém que vive para lá do meu mundo."

Poema de Sachi para o xógum Iemochi. In "A Última Concubina" de Lesley Downer, Dom Quixote 2008.

Fantástico livro que ando a ler! Recomendo.
§

2 comentários:

Azelpds disse...

Parece interessante. :)

Sofia disse...

Muito mesmo, já o acabei há 2 ou 3 dias, mas durante o tempo em que o li todos os bocadinho livres foram ocupados, nota-se o vazio no blog!

Agora estou outra vez a roer-me: QUERO IR AO JAPÃO!

O livro é deslumbrante, apesar da história da heroína ser ficção, tudo o resto é baseado em acontecimentos históricos do séc XIX, passa-se na década da Guerra Civil, está muito bem escrito e está muito bem traduzido. Transporta-nos para um mundo que deixou de existir (com samurais, xóguns e imperadores)mas já com a passagem para a fundação do Japão Moderno. Todos os locais onde a história se passa existem.

Someday I will...
§